PESQUISE NO SITE
Biografia
Nossa Causa
Notícias
Projetos
Comissões
Agenda
Eventos
Conquistas
Sala de Imprensa
Na Mídia
Fala, Ana Rita
Artigos
Antes X Depois
Com a Palavra...
Áudios
Links
Denuncie
Downloads
Contato

 
Artigos     Imprimir

24/02/2013 01:50
A força dos animais na política
Eleição de Ana Rita Tavares em Salvador revelou nicho de eleitores antes ignorado pelos políticos

Wagner Ferreira - Jornalista 1 comentário            

O resultado das eleições para vereador de 2012 revelou um novo nicho de eleitores, geralmente ignorado por políticos tradicionais em todo o Brasil: os defensores dos animais. Saúde, Segurança, Educação, Transporte e Saneamento Básico ainda são receitas de bolo empregadas, tanto por candidatos que se lançam pela primeira vez no pleito, quanto para aqueles que usam a política como emprego. 

Na cidade de São Paulo, utilizando em seu material de campanha apenas o número da sua candidatura e a foto de um cãozinho, Roberto Tripoli (PV) conseguiu a reeleição para vereador com 132.313 votos, número três vezes maior que o conquistado em 2008 (45.750). 

Com uma votação menor, mas não menos importante, Lourdes Sprenger (PMDB) obteve 4.402 em Porto Alegre. Ela participou de ações como a elaboração da Lei das Carroças e, em 2011, integrou a Secretaria Especial dos Direitos dos Animais (Seda). 


 
Estátua da loba capitolina. Segundo a lenda sobre a fundação de Roma, o animal teria amamentado os gêmeos Rômulo e Remo.
Estátua da loba capitolina. Segundo a lenda sobre a fundação de Roma,
o animal teria amamentado os gêmeos Rômulo e Remo.


Em Salvador, 10.039 eleitores elegeram a advogada, ambientalista e ativista do movimento animal há mais de 10 anos, Ana Rita Tavares. Ela ficou conhecida nacionalmente após mover uma ação contra o Município em 2010, que retirou os jegues que sofriam maus tratos na Lavagem do Bonfim. Ana Rita também protagonizou o resgate do cãozinho Lobo e do seu irmão Found. Os dois eram espancados pela tutora no bairro de Pau da Lima, em Salvador.

A campanha feita por Ana Rita foi modesta. Toda a equipe foi composta por voluntários em um Comitê improvisado numa casa cedida. O jingle da candidata também foi arte doada por uma afeiçoada à causa, assim como foi o material gráfico e toda a programação visual por um casal de micro empresários amantes de gatos. O período de disputa por uma vaga na Câmara, vivido por Ana Rita Tavares, surpreendeu até o protetor mais otimista. No quesito militância, consideradas as devidas proporções, a campanha da advogada pode até ser comparada com a empreendida pelo PT em 2002, durante a campanha que deu o primeiro mandato a Lula.

Ansiosos, simpatizantes disputavam material da candidata no Comitê, mas a quantidade era regrada, quando não conseguiam, chegavam a ficar chateados. Nas redes sociais, o volume de comentários nas postagens feitas por Ana Rita revelava a onda que se formou em torno da campanha. Ainda assim, era difícil mensurar quantos votos sairiam daquele assédio revelado também em cada passeata. Era comum admiradores virem ao encontro da candidata do PV para abraça-la, muitas vezes com lágrimas nos olhos.

E assim se deu a eleição, que poderia ter uma votação ainda mais expressiva, se não fosse a falta de recursos para ampliar a divulgação nas ruas e atingir um eleitorado mais jovem que, por desconhecimento, depositou confiança em outros candidatos pouco ou com nenhum engajamento com a causa animal.

 


ComentáriosComentar Artigo
Ingrid
28/03/2013 00:19
Dra. Sou do Rio de Janeiro, estudante de direito do 9º período de Direito. Minha monografia é sobre Leis de proteção aos animais. Admiro muito seu trabalho e gostaria da sua ajuda. Tem algum email para contato?


  Últimas Notícias

Cães que vivem em rede atacadista de alimentos são ameaçados de expulsão por novos donos

Associação de agentes de saúde e servidor são condenados a pagar indenização a vereadora

Homem mantinha cães em situação de maus tratos no bairro de São Caetano

Dia Mundial dos Animais é comemorado na Câmara Municipal de Salvador

Mais Notícias



Mais Lidas

Protetores de animais pedem serviço de atendimento móvel de urgência em Salvador

Projeto de Ana Rita, Castramóvel já está pronto para funcionar

Câmara de Salvador aprova projeto para a criação de hospital público veterinário

Prefeitos de Salvador e Porto Alegre discutem implantação de Secretaria dos Animais


Gabinete
Edf. Sul América - 7º Andar
Travessa D'Ajuda, 39 - Centro
Salvador-BA - CEP:40020-030
Telefone: 71 3320-0297
        

Assessoria de Comunicação
(71) 3320-0195