PESQUISE NO SITE
Biografia
Nossa Causa
Notícias
Projetos
Comissões
Agenda
Eventos
Conquistas
Sala de Imprensa
Na Mídia
Fala, Ana Rita
Artigos
Antes X Depois
Com a Palavra...
Áudios
Links
Denuncie
Downloads
Contato

 
Notícias     Imprimir

Protetores de animais pedem serviço de atendimento móvel de urgência em Salvador26/03/2013 16:50
Protetores de animais pedem serviço de atendimento móvel de urgência em Salvador
Projeto de Ana Rita é considerado de grande importância para casos de atropelos e espancamentos de animais

Assessoria 667 comentários          

Um cão, gato ou cavalo atropelado em via pública é uma situação desesperadora para qualquer pessoa que presta socorro aos animais. A quem recorrer para levá-lo com emergência para atendimento? Uma situação corriqueira, que se repete diariamente nas ruas das grandes cidades. Para atender a essa necessidade, a vereadora Ana Rita Tavares (PV) apresentou projeto de indicação na Câmara Municipal de Salvador para que a prefeitura crie um serviço de atendimento móvel de urgência veterinária, apelidado de Samuvet.

O objetivo é oferecer um serviço semelhante ao SAMU, com um veículo adaptado para o resgate de animais, com equipamentos para atendimento de urgência e a presença de um médico veterinário. Segundo a vereadora, a necessidade do serviço está na quantidade alarmante de casos de atropelos e maus tratos registrados diariamente por entidades de proteção animal. “Essas organizações voluntárias recebem, em média, mais de cem reclamações de atropelos por mês, sem falar na quantidade de animais que são resgatados em condições deploráveis, após o abandono de seus guardiões ou graças a denúncias de espancamentos”, revela Ana Rita.

 


Empresas de São Paulo e Belo Horizonte já oferecem serviço de UTI móvel para animais (Osgate Veterinária)

 

De acordo com o projeto, o Samuvet terá como foco principal o atendimento à população de baixa renda, que não tem condições de conseguir transporte para animais atropelados, acidentados, maltratados ou abandonados e em risco iminente de morte. Segundo a vereadora do PV, não existe um equipamento móvel público que realize resgate e socorro a animais em vias públicas “e esse serviço vai atender a toda a população, além de ser uma aspiração de muitos anos daqueles que militam na causa animal em Salvador”, afirma.

Conscientização – O veterinário Leonardo Rodrigues concorda com a necessidade do serviço, mas defende também a ideia de uma campanha de conscientização. “É preciso conscientizar as pessoas sobre a necessidade de se cuidar realmente dos animais, senão quanto mais proteção o estado oferecer, mais desleixo terá. Outras cidades como São Paulo e Belo Horizonte já têm iniciativas de empresas que oferecem um serviço móvel de urgência e aqui a prefeitura já poderia ter feito algo semelhante”, opina.

Na medicina veterinária há trinta anos, Dr. Leonardo também lembra a necessidade de se criar um hospital público veterinário, “porque após o socorro feito pelo serviço móvel de urgência, é preciso um local adequado para levar o animal, sejam cães, gatos ou animais de grande porte. Na maioria das vezes, os cavalos atropelados permanecem na via por falta de atendimento e, além do sofrimento do animal, acontece um grande transtorno para o trânsito da cidade”, observa.

A vereadora Ana Rita se diz otimista com relação ao projeto de um hospital público veterinário para Salvador. A proposta já tramita na Câmara Municipal e esse foi um dos compromissos que o prefeito ACM Neto firmou com ela ainda em campanha. “Ele já se mostrou sensível à causa e temos a confiança de que vai viabilizar o hospital o quanto antes”, projeta a vereadora.

 


Exemplo de estrutura a ser oferecida em unidade móvel de atendimento de urgência veterinária (Osgate Veterinária)


Primeiros socorros – Uma das diretoras da Associação Brasileira Protetora dos Animais - Seção Bahia (ABPA-Ba), Urânia Almeida, cita o caso recente de um cão, que foi queimado com água quente, para também exemplificar a necessidade de um serviço móvel de urgência para animais. “Encontramos uma pessoa disposta a custear o atendimento do cão, mas não conseguimos o transporte para levá-lo a uma clínica. Ele ficou 24 horas aguardando atendimento, sem receber os devidos primeiros socorros, sofrendo bastante”, relata Urânia.

Há mais de seis anos atuando como voluntária da causa, ela também lembra a obrigação de treinamento para quem vai socorrer os bichos que são atropelados, “como, por exemplo, saber carregar o animal para colocá-lo sobre uma maca para não ocasionar lesão na coluna. É de extrema importância para qualquer cidade grande ter uma estrutura móvel com médico veterinário socorrista, principalmente para atender aos animais de rua, que não recebem o menor auxílio ou atenção das pessoas e do poder público”, diz.

Com relação aos dispositivos legais, o Decreto nº 24.645/34, em seu artigo 3º, item V, considera maus tratos "abandonar animal doente, ferido, extenuado ou mutilado, bem como deixar de ministrar-lhe tudo que humanitariamente se lhe possa prover, inclusive assistência veterinária". Já o Artigo 32 da Lei nº 9.605/98 prevê pena de detenção, de três meses a um ano, e multa, para quem comete maus tratos a animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos.



Notícias Relacionadas

  • Ana Rita Tavares aprova mais seis projetos em defesa dos animais


  • ComentáriosComentar Notícia
    Verônica Gomes
    28/03/2013 20:03
    Realmente é um sonho.
    Silvia
    28/03/2013 19:51
    Deus queira que isso de certo.....
    Andreia Fiedler
    28/03/2013 16:18
    Bela iniciativa parabéns.
    KELLY
    28/03/2013 16:16
    Lendo algo assim, vendo que a coisa vai se materializar(Vai sim, vai dar certo,Vai funcionar!)agradço a Deus por a humanidade ainda ter jeito...Estamos caminhando, nos aproximando de Deus, com ações como estas.Nos aproximamos de Deus quando vemos um sonho como este se concretizando e ficamos felizes! Nos aproximamos de Deus, pelo menos um pouco mais, quando agradecemos por pessoas com o trabalho de Ana Rita Tavares existirem.Parabéns, Ana!Chegará o dia em que os brutos se renderão, graças à maioria daqueles que respeitam a dor dos inocentes.Vamos reverberar o nosso grito!
    Leandro Bastos
    28/03/2013 14:29
    Parabéns. O mundo precisa de pessoas especiais como você. No RJ precisa ser implantando também.
    ANA TEREZA C.TORRES
    28/03/2013 14:20
    ADOREI!!! QUERO PRA TODO O BRASIL QUE FAÇA.
    Dalker Rocha
    28/03/2013 10:38
    Parabéns Vereadora! Precisamos de mais pessoas empenhadas nessa causa. A idéia não sóp ajuda como tbm criará novos empregos para os veterinários e outras pessoas. Apenas acho que a pena para essas pessoas que matam animais deveria ser mais rígida.
    Camila Gomes Liberato
    28/03/2013 09:56
    Parabéns a todos por esta linda iniciativa, o que vale agora mesmo como o comentado é fazer um programa forte para conscientizar a população dos grandes centros e cidades. Parabéns Sra. Ana Rita Tavares que Deus lhe dê muita luz e forças para sempre continuar a luta a favor da vida e direitos dos animais....
    angela
    28/03/2013 09:19
    Sensacional, responsável, consciente, generoso e até moderno. Tudo de bom reúnido nessa sua ideia. peço muito a DEUS que isso venha a acontecer o mais rápido possível, e eu vou começar a fazer a minha parte que é escrever para os órgão da Prefeitura do Rio de janeiro cobrando isso. bjoos
    Desireé Sampaio
    28/03/2013 08:14
    Grande iniciativa... acho que isso é um sonho para muitas pessoas que amam os animais... parabéns pela atitude vereadora...

    <<  1  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14  15  16  17  18  19  20  21  22  23  24  25  26  27  28  29  30  31  32  33  34  35  36  37  38  39  40  41  42  43  44  45  46  47  48  49  50  51  52  53  54  55  56  57  58  59  60  61  62  63  64  65  66  67  >>


      Últimas Notícias

    Lavagem do Bonfim 2018: oito anos sem a presença de animais no cortejo

    Desembargador Augusto de Lima Bispo recebe título de cidadão de Salvador

    Policiais que atuam em defesa dos animais são homenageados em Sessão Especial na Câmara Municipal de Salvador

    Égua morre e burro agoniza após ter ingerido veneno em Piatã

    Mais Notícias



    Mais Lidas

    Protetores de animais pedem serviço de atendimento móvel de urgência em Salvador

    Projeto de Ana Rita, Castramóvel já está pronto para funcionar

    Câmara de Salvador aprova projeto para a criação de hospital público veterinário

    Prefeitos de Salvador e Porto Alegre discutem implantação de Secretaria dos Animais


    Gabinete
    Edf. Sul América - 7º Andar
    Travessa D'Ajuda, 39 - Centro
    Salvador-BA - CEP:40020-030
    Telefone: 71 3320-0297
            

    Assessoria de Comunicação
    (71) 3320-0195