PESQUISE NO SITE
Biografia
Nossa Causa
Notícias
Projetos
Comissões
Agenda
Eventos
Conquistas
Sala de Imprensa
Na Mídia
Fala, Ana Rita
Artigos
Antes X Depois
Com a Palavra...
Áudios
Links
Denuncie
Downloads
Contato

 
Notícias     Imprimir

Vereadora defende que animais comunitários devem permanecer onde vivem25/09/2013 21:54
Vereadora defende que animais comunitários devem permanecer onde vivem
Ana Rita Tavares apura denúncia de que alguns cães seriam expulsos do Parque de Exposições da Bahia

Assessoria 2 comentários          

A vereadora Ana Rita Tavares (PV) recebeu uma denúncia de que os cães que vivem nas dependências do Parque de Exposições, em Salvador, estariam ameaçados de serem expulsos. Críticas da população ao estado de abandono do equipamento pressionam os gestores do Parque – e os animais estão sendo vistos como mais um “incômodo” para quem frequenta o ambiente. A vereadora discorda e garante que os cães vão permanecer no local.

“De forma alguma os animais podem ser considerados com um 'incômodo'. Quando são vacinados e bem cuidados, como é o caso deles, não oferecem qualquer risco à população. Eles fazem parte do meio ambiente, assim como os seres humanos, e têm o direito de conviver harmonicamente com a sociedade”, defende Ana Rita.

 


Cães são bem cuidados pelos colaboradores do Parque de Exposições (divulgação)


Uma equipe da parlamentar foi ao Parque, na Avenida Luiz Viana Filho, e contabilizou 15 cães, todos bem tratados, dentro do peso normal e castrados. Eles são alimentados e recebem cuidados dos profissionais que fazem a segurança do local, além de uma veterinária voluntária. Todos são vermifugados e possuem carteira de vacinação em dia.

Ana Rita Tavares, que também é advogada, lembra que os animais são protegidos pela Constituição Federal e pela Lei 9.605/98, que trata dos crimes ambientais. “É dever do poder público protegê-los e garantir a vacinação. Já entrei em contato com SEAGRI (Secretaria da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Reforma Agrária, Pesca e Aquicultura), que administra o Parque, e expliquei que os animais não podem ser expulsos e abandonados”, acrescenta.

 


Vereadora defende que animais comunitários têm direito de permanecer onde estão ambientados (divulgação)


A vereadora propõe ainda, no Legislativo Municipal, instituir a figura do animal comunitário, aquele que vive nas ruas, mas recebe cuidados de moradores ou de instituições. “Como no caso dos cães do Parque de Exposições, por já estarem ambientados, serem vermifugados e vacinados, os animais comunitários têm o direito de permanecer onde vivem e jamais serem vistos como vetores de doenças. Eles não são um fardo para a sociedade”.

Os seguranças do Parque de Exposições, que custeiam a ração e os remédios dos cães, alegam dificuldades financeiras para bancar todo o cuidado aos animais. Por isso, quem se interessar em doar ração, medicamentos ou material de limpeza pode entrar em contato com Neide Lima, pelo telefone (71) 8886-1854, ou falar com a assessoria da vereadora pelo telefone (71) 3320-0296.

 



Notícias Relacionadas

  • Câmara Municipal aprova projeto que cria abrigos para animais comunitários de Salvador

  • Cães comunitários são levados do Rio Vermelho e reaparecem na Pituba

  • ONG mostra a luta por sobrevivência de um cão nas ruas da Índia

  • Rio Vermelho: protetores buscam ajuda para animais que vivem no Mercado do Peixe

  • Estudante da Ufba é preso por bater em cão com skate

  • Seminário debate Direito Animal com estudantes e professores da Ufba

  • O Animal Comunitário, aspectos legislativos, sociais e jurídicos


  • ComentáriosComentar Notícia
    apoostolo
    28/09/2013 23:54
    AQUI NO 2 DE JULHO QUANDO UM CÃO SOME, LOGO OS MORADORES DÃO POR FALTA E SÃO MORADORES GIGANTESCAMENTE QUERIDOS.
    bertila krug fernandes
    26/09/2013 17:45
    o mesmo aconbtec e com os meus seis cães do Forte do Barbalho, vacinados as cadela castradas , muito bem tratados e alimentados. até agora sem nenhuma reclamação nem ameaça que sejam incomodos, ao contrário ajudam na ronda noturna de toda a area, os vigilantes adoram a ajuda. E´uma matilha muiuto feliz, são livres e pacatos Espero que seja assim para sempre!


      Últimas Notícias

    Cães que vivem em rede atacadista de alimentos são ameaçados de expulsão por novos donos

    Associação de agentes de saúde e servidor são condenados a pagar indenização a vereadora

    Homem mantinha cães em situação de maus tratos no bairro de São Caetano

    Dia Mundial dos Animais é comemorado na Câmara Municipal de Salvador

    Mais Notícias



    Mais Lidas

    Protetores de animais pedem serviço de atendimento móvel de urgência em Salvador

    Projeto de Ana Rita, Castramóvel já está pronto para funcionar

    Câmara de Salvador aprova projeto para a criação de hospital público veterinário

    Prefeitos de Salvador e Porto Alegre discutem implantação de Secretaria dos Animais


    Gabinete
    Edf. Sul América - 7º Andar
    Travessa D'Ajuda, 39 - Centro
    Salvador-BA - CEP:40020-030
    Telefone: 71 3320-0297
            

    Assessoria de Comunicação
    (71) 3320-0195