PESQUISE NO SITE
Biografia
Nossa Causa
Notícias
Projetos
Comissões
Agenda
Eventos
Conquistas
Sala de Imprensa
Na Mídia
Fala, Ana Rita
Artigos
Antes X Depois
Com a Palavra...
Áudios
Links
Denuncie
Downloads
Contato

 
Notícias     Imprimir

Moradores acusam policial militar de balear cadela no bairro do IAPI, em Salvador11/12/2013 09:42
Moradores acusam policial militar de balear cadela no bairro do IAPI, em Salvador
Crime revoltou população local; vereadora Ana Rita Tavares já assumiu o caso

Assessoria 89 comentários          

Moradores de Nova Divineia, no bairro do IAPI, em Salvador, acusam um policial militar de ter baleado uma cadela durante uma ronda, no último dia 3. Segundo denúncia, o militar teria disparado a arma incomodado com o latido do cão.

Uma policial feminina, que participava da operação, teria dado risada quando a cadela fugiu para não ser novamente atingida, o que revoltou ainda mais as pessoas que presenciaram o crime. Socorrida por moradores, a cadela, conhecida como Diana, foi levada à Clínica Vantev, onde recebeu os primeiros socorros.

 
Diana no momento em que foi socorrida, na Clínica Vantev (reprodução/Facebook)
 

Após tomar conhecimento da denúncia, a vereadora Ana Rita Tavares (Pros) assumiu o caso e os cuidados com o animal. O estado dela é considerado grave, com inúmeras fraturas na mandíbula e vias nasais, além de ter perdido parte da língua e inúmeros dentes. O animal corre risco de morte.

Diana está internada na clínica Diagnovet, no bairro do Rio Vermelho, onde se prepara para uma série de cirurgias. Pelo estado de alta desnutrição, já que a cadela não consegue se alimentar devido à fragmentação dos ossos da mandíbula, será necessário um período de 10 a 15 dias de alimentação via sonda até que se faça uma reavaliação clínica e posterior intervenção cirúrgica.

 
Em tratamento na Clínica Diagnovet, cadela precisa de uma sonda para se alimentar (Assessoria)
 

Após contato com o coronel Alfredo Castro, comandante geral da Polícia Militar, a vereadora Ana Rita forneceu todas as informações sobre o ocorrido para uma investigação interna que deve apontar o autor do disparo contra o animal. A parlamentar, que também é advogada, disse ainda que vai tomar as medidas judiciais cabíveis contra os agressores.

Para ajudar a custear as despesas com o tratamento de Diana, doe à Associação Brasileira Terra Verde Viva qualquer quantia, acessando ao site www.terraverdeviva.com.br e clicando no botão DOAR ou diretamente pelo link do PagSeguro http://ow.ly/r8qnz Sua contribuição é muito importante para ajudar a salvar essa vida!

Cão baleado por PM em 2008 morreu no ano passado

Em 2008, o cão Branco, que fazia companhia ao morador de rua Cristiano Lisboa dos Santos, o “Índio”, foi baleado pelo PM Wellington Sena Mariano, policial que fazia parte da guarda da Câmara Municipal de Salvador.

Branco foi socorrido pela comerciante Priscila Cerqueira, que o levou no próprio carro para a clínica veterinária Planeta Animal, no bairro da Barra, onde foi submetido a uma cirurgia para a retirada do projétil.

Na época do crime, Ana Rita Tavares, então advogada da associação Terra Verde Viva, entrou com um processo por maus tratos cometido pelo policial contra o cachorro. Segundo ela, o fato revela a prática de crueldade e maus tratos contra animais, conforme o artigo 225 da Constituição Federal e o artigo 32 da Lei 9605/98.

Após de ter sido baleado, Branco ainda viveu um tempo na companhia de outro morador de rua, Gilson “Capenga”, mas ao apresentar problemas de saúde, foi levado para o Abrigo da Terra Verde Viva, onde viveu ao lado de cerca de 300 cães até o dia 16 de novembro de 2012, quando morreu devido a um quadro de insuficiência renal.

 


Notícias Relacionadas

  • Cadela morde atirador e evita chacina em Cosme de Farias

  • Protetora de animais é agredida na Ribeira por ambulante ao tentar defender cão atingido por pedra

  • Ana Rita Tavares resgata cão que era espancado na Boca do Rio, em Salvador

  • Policiais que atuam em defesa dos animais são homenageados em Sessão Especial na Câmara Municipal de Salvador

  • Delegacia de Proteção aos Animais, já!

  • Moradores da Pituba clamam por segurança no bairro

  • Polícia reconstitui morte de cão que urinou em gramado de policial militar em Teixeira de Freitas

  • Matança de gatos assusta moradores de Piatã

  • Homens são detidos após abandonarem cão na praia da Ribeira

  • Ana Rita solicita à PM atendimento a denúncias de maus tratos contra animais


  • ComentáriosComentar Notícia
    Mwptrzgc
    05/02/2016 22:30
    To elaborate, .
    Cxfhbkps
    04/02/2016 17:36
    Conversely .
    Utlxljvf
    04/02/2016 17:13
    This essay discusses .
    Gfvfbivr
    04/02/2016 16:51
    For example, .
    Oxbxrlxj
    04/02/2016 16:11
    Overall .
    Xberyzam
    04/02/2016 15:48
    Conventionally, .
    Xwjyoilg
    04/02/2016 15:26
    Specifically .
    Fupqwrvr
    04/02/2016 15:02
    Simultaneously .
    Wyjlzjfq
    17/11/2015 09:10
    On Balance .
    Uguywrhe
    17/11/2015 08:46
    Many .

    <<
      1  2  3  4  5  6  7  8  9  >>


      Últimas Notícias

    Lavagem do Bonfim 2018: oito anos sem a presença de animais no cortejo

    Desembargador Augusto de Lima Bispo recebe título de cidadão de Salvador

    Policiais que atuam em defesa dos animais são homenageados em Sessão Especial na Câmara Municipal de Salvador

    Égua morre e burro agoniza após ter ingerido veneno em Piatã

    Mais Notícias



    Mais Lidas

    Protetores de animais pedem serviço de atendimento móvel de urgência em Salvador

    Projeto de Ana Rita, Castramóvel já está pronto para funcionar

    Câmara de Salvador aprova projeto para a criação de hospital público veterinário

    Prefeitos de Salvador e Porto Alegre discutem implantação de Secretaria dos Animais


    Gabinete
    Edf. Sul América - 7º Andar
    Travessa D'Ajuda, 39 - Centro
    Salvador-BA - CEP:40020-030
    Telefone: 71 3320-0297
            

    Assessoria de Comunicação
    (71) 3320-0195