PESQUISE NO SITE
Biografia
Nossa Causa
Notícias
Projetos
Comissões
Agenda
Eventos
Conquistas
Sala de Imprensa
Na Mídia
Fala, Ana Rita
Artigos
Antes X Depois
Com a Palavra...
Áudios
Links
Denuncie
Downloads
Contato

 
Notícias     Imprimir

Ana Rita Tavares comemora quarto ano sem animais na Mudança do Garcia05/03/2014 19:04
Ana Rita Tavares comemora quarto ano sem animais na Mudança do Garcia
Vereadora destaca conscientização da população com relação aos direitos dos animais em Salvador

Assessoria 0 comentário          

A vereadora Ana Rita Tavares (Pros) comemorou o quarto ano seguido sem exploração de animais na Mudança do Garcia, tradicional bloco popular, marcado por protestos de ordem social e política, que desfila há 84 anos na segunda-feira de Carnaval em Salvador.

Ana Rita lembra que, até 2009, diversos animais, principalmente cavalos, éguas, burros e jegues, eram explorados durante o desfile do bloco, carregando pesos excessivos em carroças e sofrendo os mais diversos tipos de maus tratos.

Mas, graças aos esforços das ONGs Célula Mãe e Terra Verde Viva, da qual ela era advogada na época, com o apoio da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Bahia (OAB-BA), foi assinado um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) entre o Ministério Público e a Coordenação do Movimento, que determinou a diminuição do número de animais em 2010 e a ausência deles a partir de 2011.

 

1) Foto de 2010, quando ainda havia animais na festa | 2) Ao lado da vereadora Aladilce Souza (PCdoB), que prestigiou o bloco dos protetores de animais 3) Ana Rita concede entrevista para a TVE no circuito do Campo Grande | 4) Bloco dos protetores de animais na Mudança do Garcia


À época, o coordenador Lourival Chaves reconheceu que os eqüinos eram submetidos a todo tipo de crueldade, ressaltando que a intervenção das entidades protetoras de animais chegou a bom tempo, quando “já não tinha como ver tantos maus-tratos e, ainda assim, tolerar aquilo em nome de uma tradição”.   

Para Ana Rita, hoje a Mudança do Garcia está muito mais organizada e ainda melhor sem a presença de animais. “Graças ao TAC, desde 2011 não temos esse tipo de exploração na festa, pois eles (os organizadores) entenderam que esse ambiente não diz respeito aos animais”, explica.

A vereadora também teve participação decisiva para a retirada dos animais da Lavagem do Bonfim, que utilizava animais para puxar carroças há mais de 200 anos. Ana Rita destaca que toda tradição marcada por exploração de pessoas ou animais deve ser revista, da mesma maneira como foi abolida a escravidão humana.

 

1) Ana Rita e o ex-deputado Javier Alfaya (PcdoB) | 2 e 3) Mudança do Garcia sem animais há quatro anos | 4) Bob Carvalho e Ana Rita Tavares


“Qualquer tradição que provoca sofrimento deve ser revista. Essas festas são feitas pelo ser humano e para o ser humano, não havendo qualquer necessidade de se colocar animais em ambientes totalmente inadequados. Os maus tratos impostos aos animais nessas festas estão todos documentados no Ministério Público e não devem mais se repetir”, diz Ana Rita.

A vereadora ainda conversou com diversos foliões que participaram da Mudança do Garcia neste ano e disse que a maior parte deles não sente falta dos animais. “Organizadores da Mudança, a exemplo de Bob Carvalho, desfilaram ao nosso lado durante todo o percurso e hoje se mostram conscientes com relação aos direitos desses animais”, revela Ana Rita.

A vereadora também diz que inúmeros foliões sequer lembraram da utilização dos animais no bloco. “A animação deles comprovou que não precisamos explorar animais para comemorar ou protestar. Aos que ainda discordam, pedimos que se coloquem no lugar dos animais que eram explorados na festa para refletir sobre a decisão do Ministério Público”.


Entrevista à TVE Bahia durante a passagem da Mudança do Garcia no Campo Grande

 


 


Notícias Relacionadas

  • Mudança pelos animais

  • Cães e gatos precisam de cuidados especiais nos dias de verão

  • Campanha de combate à violência contra a mulher é lançada pela Câmara de Vereadores

  • Comissão da Mulher busca efetivação da Lei Antibaixaria no carnaval de Salvador

  • Ana Rita Tavares fala à Rádio Cruzeiro 590 AM sobre Carnaval e meio ambiente


  • ComentáriosComentar Notícia

    Ainda não existem comentários para esta notícia.
    Seja o primeiro a comentar!


      Últimas Notícias

    Lavagem do Bonfim 2018: oito anos sem a presença de animais no cortejo

    Desembargador Augusto de Lima Bispo recebe título de cidadão de Salvador

    Policiais que atuam em defesa dos animais são homenageados em Sessão Especial na Câmara Municipal de Salvador

    Égua morre e burro agoniza após ter ingerido veneno em Piatã

    Mais Notícias



    Mais Lidas

    Protetores de animais pedem serviço de atendimento móvel de urgência em Salvador

    Projeto de Ana Rita, Castramóvel já está pronto para funcionar

    Câmara de Salvador aprova projeto para a criação de hospital público veterinário

    Prefeitos de Salvador e Porto Alegre discutem implantação de Secretaria dos Animais


    Gabinete
    Edf. Sul América - 7º Andar
    Travessa D'Ajuda, 39 - Centro
    Salvador-BA - CEP:40020-030
    Telefone: 71 3320-0297
            

    Assessoria de Comunicação
    (71) 3320-0195