PESQUISE NO SITE
Biografia
Nossa Causa
Notícias
Projetos
Comissões
Agenda
Eventos
Conquistas
Sala de Imprensa
Na Mídia
Fala, Ana Rita
Artigos
Antes X Depois
Com a Palavra...
Áudios
Links
Denuncie
Downloads
Contato

 
Notícias     Imprimir

"Ser ativista da causa animal é muito mais do que um simples título", diz Ana Rita Tavares15/09/2014 12:36
"Ser ativista da causa animal é muito mais do que um simples título", diz Ana Rita Tavares
Veja na íntegra o artigo da vereadora que foi publicado nesta segunda-feira no jornal Tribuna da Bahia

Ana Rita Tavares 0 comentário          


Ser ativista da causa animal é muito mais do que um simples título. É a demonstração do mais puro amor por esses seres indefesos, carinhosos e atenciosos. Essencialmente, é uma das formas mais verdadeiras de superação para vencer dificuldades encontradas para salvar a vida de tantos que são abandonados nas ruas e maltratados.
 
Sou ativista da causa animal há mais de 20 anos. Não foi um ato premeditado. Foi um sentimento que foi me tomando, observando principalmente o abandono de cães e gatos nas ruas de Salvador e a forma como eram esquecidos. Além disso, lutamos contra a exploração dos animais, seja em circos, rinhas e os de tração, como também dos que culturalmente são destinados ao abate.
 
Esse motivo nos levou a impedir a exploração e sofrimento dos animais no Circo Portugal, em 2010, quando conseguimos a proibição da exposição desses seres, maltratados no processo de adestramento e nas apresentações. Com esse mesmo sentido, conseguimos liminar em Ação Civil Pública para proibir o desfile das carroças puxadas por animais e dos equinos na Lavagem do Bonfim. Mesmo sendo uma tradição, o sofrimento de cavalos e jegues era visível, sendo inadmissível a manutenção desse tipo de tratamento.
 
A proteção animal precisava de um representante. Sempre advoguei em prol da causa. Sou advogada e auditora concursada do Tribunal de Contas do Estado da Bahia. Fui chamada pelo Movimento Humanitário Pró Animal e decidi atender àquele apelo. Salvador precisava de uma voz que defendesse os animais, principalmente aqueles cães e gatos comunitários e abandonados nas ruas da cidade.
 
Fui eleita vereadora com 10.039 votos numa campanha quase sem recursos, contando com o apoio dos cuidadores e pessoas que amam os animais. Claro, meu papel na Câmara Municipal não é apenas cuidar de cães e gatos. O parlamentar tem que cuidar da cidade, em busca de qualidade de vida para os cidadãos. Entendi que, com políticas públicas em prol da saúde desses animais, estaria também contribuindo com a saúde pública. Queremos o bem de todos os seres vivos. É o nosso pensamento na condição de protetora e ambientalista.
 
Meu primeiro projeto na Câmara e também o primeiro projeto da atual legislatura, de número 001/2013, foi a proposta do Castramóvel, aprovado no plenário e que virou realidade há seis meses. Já foram mais de 4 mil cirurgias realizadas em bairros populares, evitando o crescimento descontrolado da população de animais de rua.
 
Sou candidata à deputada federal pelo Pros, partido no qual sou coordenadora nacional do Pros Verde, com o objetivo de ampliar para todo o País as discussões no que tange ao Meio Ambiente, Sustentabilidade e Direito dos Animais. Propusemos também a criação de um Hospital Público Veterinário e campanhas de vacinação antiviral em massa, além de a criação de uma secretaria especializada de proteção aos animais a Seda, da forma como já funciona em Porto Alegre.
 
Por diversas vezes sugerimos ao Governo do Estado a criação de uma Delegacia Especializada de Proteção aos Animais, como já existem em outros locais. Existe uma legislação que pune o crime de maus tratos contra os animais e é necessário que haja um foro policial específico para tratar essa questão.
 
Lembro quando vi na TV uma reportagem denunciando o espancamento de um cachorro por uma mulher no Pau da Lima, em 2011. O fato teve repercussão nacional. Saí em defesa desse animal, resgatei e acabei adotando-o. Hoje é meu grande amigo e querido parceiro, Lobinho.
 
Lobinho tornou-se um exemplo na luta contra o maltrato aos animais. Sobrevivente, no convívio diário nos enche de carinho e nos dá força para continuar a trilhar esse caminho.
 
Concordo
 
Concordo com o esforço das escolas em incluir na formação dos jovens a importância dos cuidados com a natureza e com os animais. Fico emocionada com o trabalho dos protetores de animais que tiram do próprio bolso para salvar e proteger vidas. Concordo com políticas públicas voltadas para o bem-estar dos animais e melhoria da qualidade de vida das pessoas. Concordo com o trabalho realizado por Ongs ambientalistas como o Projeto Tamar, que focou suas atenções para salvar as tartarugas marinhas da extinção. Concordo com as campanhas que ensinam os guardiões de animais a retirar das ruas os dejetos, mantendo praças e passeios limpos. Concordo também com campanhas públicas de vacinação, que não só garante a saúde dos animais como a própria saúde pública. Concordo com o fato de que os animais são antes de tudo nossos amigos e como tais precisam ser tratados com amor e carinho.
 
Discordo
 
Discordo do uso de animais em laboratórios como cobaias. Essa atitude deve ser totalmente abolida. Os animais sofrem submetidos ao confinamento e experimentos. Sou contrária também à exposição de animais em zoológicos. Ainda é uma prática secular, mas hoje os Zoos virtuais se tornaram muito mais interessantes, com os animais sendo vistos e percebidos no seu habitat natural. Outra prática que abomino são as rinhas de animais. É impossível que em pleno século XXI ainda existam rinhas de galo, cachorros, pássaros e peixes. Lutamos também contra o comércio ilegal de animais, sejam domésticos ou silvestres. Sou contra o avanço do desmatamento que só faz aumentar o aquecimento global e secar os rios. Discordo das pessoas que pegam animais para criar apenas por moda. Muitos acabam depois abandonados e aumentando o contingente de animais de rua.


Artigo publicado nesta segunda-feira (15) no jornal Tribuna da Bahia
 
 


Notícias Relacionadas

  • Mulheres em Debate: comissão da Câmara discute o papel do gênero na proteção animal

  • Ana Rita é convidada para Semana Jurídica da Unyahna

  • Vereadora indica ao TJ implantação de Juizados Especiais da Fazenda Pública

  • Dia dos Animais é comemorado com debate sobre livro na Câmara Municipal

  • Formação de Oficiais da Proteção Animal é realizada em Salvador

  • Tutores devem proteger animais de estimação durante queima de fogos

  • Cães e gatos precisam de cuidados especiais nos dias de verão

  • Brasileiro ganha prêmio internacional contra o uso de animais em testes

  • Livro “Somos Todos Animais” reúne coletânia de artigos da ANDA

  • Maus-tratos a animais crescem mas não são notificados

  • Em Salvador, igreja realiza missa dedicada ao Dia Mundial dos Animais

  • Ana Rita fala sobre direito dos animais na Faculdade da Cidade

  • ​Campanha nacional alerta contra o tráfico de animais silvestres

  • Ana Rita Tavares convida protetores de animais para apresentação da sua plataforma de campanha

  • Ana Rita Tavares entra com notícia crime contra a Prefeitura de Camaçari


  • ComentáriosComentar Notícia

    Ainda não existem comentários para esta notícia.
    Seja o primeiro a comentar!


      Últimas Notícias

    Égua morre e burro agoniza após ter ingerido veneno em Piatã

    Ana Rita pede que 31 milhões do orçamento municipal sejam destinados aos animais

    Rua em Piatã indicada por vereadora recebe asfalto

    ​Castramóvel realiza esterilização de cães e gatos em Pau da Lima

    Mais Notícias



    Mais Lidas

    Protetores de animais pedem serviço de atendimento móvel de urgência em Salvador

    Projeto de Ana Rita, Castramóvel já está pronto para funcionar

    Câmara de Salvador aprova projeto para a criação de hospital público veterinário

    Prefeitos de Salvador e Porto Alegre discutem implantação de Secretaria dos Animais


    Gabinete
    Edf. Sul América - 7º Andar
    Travessa D'Ajuda, 39 - Centro
    Salvador-BA - CEP:40020-030
    Telefone: 71 3320-0297
            

    Assessoria de Comunicação
    (71) 3320-0195