PESQUISE NO SITE
Biografia
Nossa Causa
Notícias
Projetos
Comissões
Agenda
Eventos
Conquistas
Sala de Imprensa
Na Mídia
Fala, Ana Rita
Artigos
Antes X Depois
Com a Palavra...
Áudios
Links
Denuncie
Downloads
Contato

 
Notícias     Imprimir

Cão Peladinho faz sucesso nas ruas do Centro Histórico de Salvador 09/10/2014 13:28
Cão Peladinho faz sucesso nas ruas do Centro Histórico de Salvador
Comerciantes da região cuidam do animal em situação de rua há cerca de dez anos

Assessoria 1 comentário          

Ele é dócil, amigo e adora uma salsicha. Para quem frequenta o Pelourinho, em Salvador, fica quase impossível não conhecer o cachorro "Peladinho". O nome foi dado pelos comerciantes da região que, há cerca de dez anos, cuidam do animal em situação de rua.

Apesar de ser alimentado com ração, Peladinho vive "pedindo" salsichas no carrinho de cachorro-quente de Wellington Paixão, de 53 anos. "Quando alguém se aproxima para comprar cachorro-quente, ele se aproxima e com a pata sobre o pé da pessoa pede salsicha. Mas ele prefere as salsichas geladas. Quando damos uma cozida, ele logo percebe e não come. É muito esperto esse cachorro", conta aos risos. 

"Eu coloco ração e água pra ele todos os dias. Ele chegou a ficar doente, mas comprei remédios e agora o Peladinho está bem melhor", diz a também comerciante Mari Santana.

Peladinho chama atenção nas ruas do Centro Histórico de Salvador (Foto: Divulgação)
 
Ana Rita Tavares visita Peladinho (Foto: Divulgação)

Ativista da causa animal, a vereadora Ana Rita Tavares (PROS) conta que, por diversas vezes, tentou capturá-lo para ser tratado de uma sarna (daí o nome), mas ele percebe e foge pelas ruas de pedra cabeça-de-nego do Pelourinho. “É como se ele adivinhasse que a gente vai tirá-lo, mesmo que temporariamente, do seu habitat. Em outros momentos ele se aproxima da gente e faz o gesto de carinho que o tornou conhecido no Centro Histórico”.

Animal comunitário - Assim como Peladinho, existem cerca de 200 mil cães e gatos em situação de rua na cidade de Salvador. Pensando nisso, Ana Rita Tavares propôs, na Câmara Municipal de Salvador, o projeto Animal Comunitário. São animais que, embora não sejam domiciliados, estabelecem vínculo de afeto e dependência com grupos de pessoas ligadas por laços de amizade ou vizinhança, que não sendo guardiões se colocam na posição deste, sem, contudo, retirá-lo da via pública ou local que utilize como moradia. 

O projeto da vereadora estabelece que o animal comunitário deverá ser mantido no local onde se encontra, sob os cuidados da Secretaria Municipal de Saúde do Salvador.  Os guardiões seriam cadastrados pelo órgão municipal e receberiam um crachá com a qualificação completa e logotipo da Prefeitura de Salvador.


Notícias Relacionadas

  • Curso de Oficial da Proteção Animal reúne protetores em sua quarta edição

  • Papo Animal estreia com programação voltada para os Pets na Popular FM (100,7)

  • Marcha da Defesa Animal acontece neste domingo (18) no Porto da Barra

  • Cães comunitários são levados do Rio Vermelho e reaparecem na Pituba

  • ONG mostra a luta por sobrevivência de um cão nas ruas da Índia

  • Assessores de Marcell Moraes tumultuam evento e roubam câmera fotográfica

  • Rio Vermelho: protetores buscam ajuda para animais que vivem no Mercado do Peixe

  • ​Ufba: vereadora e reitor discutem situação dos animais que vivem em Instituição

  • Livro “Somos Todos Animais” reúne coletânia de artigos da ANDA

  • Estudante da Ufba é preso por bater em cão com skate

  • Cachorro resgatado por Ana Rita Tavares recebe um novo lar após concluir tratamento


  • ComentáriosComentar Notícia
    Jane Barabini
    18/11/2014 20:53
    É uma excelente ideia, Ana Rita.Meu filho cuidava de 3 cadelas de rua, ele vacinava, vermifugava e castrou as 3. Dava banho semanal. Fez casinha de cimento para elas, mas alguém deu fim nas 3. Sumiram no intervalo de 1 semana.Desconfiamos de algum morador que não gostava das cadelas, brincando na rua. Por isto também seria necessário a conscientização da população a respeito da necessidade de se cuidar dos animais em condição de abandono e também sobre o crime de maltrato.


      Últimas Notícias

    Égua morre e burro agoniza após ter ingerido veneno em Piatã

    Ana Rita pede que 31 milhões do orçamento municipal sejam destinados aos animais

    Rua em Piatã indicada por vereadora recebe asfalto

    ​Castramóvel realiza esterilização de cães e gatos em Pau da Lima

    Mais Notícias



    Mais Lidas

    Protetores de animais pedem serviço de atendimento móvel de urgência em Salvador

    Projeto de Ana Rita, Castramóvel já está pronto para funcionar

    Câmara de Salvador aprova projeto para a criação de hospital público veterinário

    Prefeitos de Salvador e Porto Alegre discutem implantação de Secretaria dos Animais


    Gabinete
    Edf. Sul América - 7º Andar
    Travessa D'Ajuda, 39 - Centro
    Salvador-BA - CEP:40020-030
    Telefone: 71 3320-0297
            

    Assessoria de Comunicação
    (71) 3320-0195