PESQUISE NO SITE
Biografia
Nossa Causa
Notícias
Projetos
Comissões
Agenda
Eventos
Conquistas
Sala de Imprensa
Na Mídia
Fala, Ana Rita
Artigos
Antes X Depois
Com a Palavra...
Áudios
Links
Denuncie
Downloads
Contato

 
Notícias     Imprimir

Situação dos animais que vivem nos campi da Ufba é discutida em audiência21/11/2014 09:19
Situação dos animais que vivem nos campi da Ufba é discutida em audiência
Reitor promete institucionalizar proteção a cães e gatos comunitários que vivem na Universidade

Assessoria 0 comentário          

A vereadora e ativista Ana Rita Tavares (Pros) e o reitor da Universidade Federal da Bahia (Ufba), João Carlos Salles, se reuniram na Reitoria com professores da Escola de Veterinária e alunos, na quinta-feira (20), para debaterem sobre os conflitos entre alguns estudantes da Instituição e os animais comunitários que vivem nos campi. 

Na sexta-feira (14), uma cadela foi agredida com golpes de skate pelo aluno do curso de Farmácia, Jorge Luiz Chagas Vila Flor Júnior. O caso foi parar na 7ª Delegacia e contou com o apoio jurídico da também advogada e ativista Ana Rita Tavares às entidades denunciantes: Unimais e Terra Verde Viva. Em menos de dez dias, foram três casos: dois cães cortados por estiletes.


              
         Encontro aconteceu na reitoria da Ufba  (Foto: Ascom/Divulgação)

O reitor condenou os casos de maus tratos impostos por alunos aos animais da Ufba e, como um protetor, disse estar tomando todas as providências para identificar os agressores. Para ele, é preciso criar políticas que protejam os animais abrigados na Universidade. “Nós, protetores de animais, às vezes, somos tratados como loucos. Essa nossa dedicação é importante, mas não deve ser só isso. Devemos lutar por políticas que institucionalize essa proteção, pois, só isso nos deixará preparados para eventuais episódios como os que vêm acontecendo”, afirmou João Carlos Salles.

O presidente da União de Entidades Protetoras dos Animais da Bahia (Unimais), Carlos Ferrer, que também participou da audiência, defendeu a necessidade de movimentos de conscientização. "A universidade é um palco de segurança para os estudantes. Agredir um animal é uma questão humanitária. É preciso a realização de palestras de conscientização e humanização para protegermos animais e os alunos", opinou.
 


                João Carlos Salles fala da sua preocupação com os animais (Foto: Ascom/Divulgação)

Protetora e funcionária da Ufba há mais de 33 anos, Magel Castilho revelou estar emocionada com a postura do reitor diante da proteção animal. “Votei no senhor sem imaginar que comungamos do mesmo sentimento pelos animais. Isso me deixa muito feliz. Peço mais apoio às protetoras, que geralmente custeiam tratamentos a animais daqui tirando do próprio bolso.”

Censo - Um grupo de professores e alunos do Instituto de Geociências está realizando uma contagem dos animais que vivem na Instituição; 39 cães e nove gatos já foram registrados. 
Ainda foi discutido a institucionalização do atendimento clínico, laboratorial e de bioimagem para animais vitimados por ações agressivas ou não, pela Escola de Medicina Veterinária. "Estou muito feliz com a posição do reitor, sempre soube da sua preocupação para com os animais. Eu trouxe a ideia de formar uma comissão com alunos da Ufba e pessoas interessadas na causa para unirmos forças e fazer uma agenda com as necessidades e medidas que vamos tomar com relação a estes animais",  diz Ana Rita Tavares.


                                    João Carlos Salles e Ana Rita Tavares  (Foto: Ascom/Divulgação)


                        Estudantes e protetores participaram da audiência (Foto: Ascom/Divulgação)


Notícias Relacionadas

  • ​Ufba: vereadora e reitor discutem situação dos animais que vivem em Instituição

  • Estudante da Ufba é preso por bater em cão com skate

  • Animais de estimação participam do Outubro Rosa

  • Dia Mundial dos Animais é comemorado na Câmara Municipal de Salvador

  • Dia Nacional dos Animais: Ana Rita Tavares comemora avanços na legislação

  • Segundo pesquisa, 41% da população brasileira é contra testes com animais

  • Projetos indicados pela vereadora Ana Rita Tavares são aprovados durante sessão na Câmara

  • ​Especialistas afirmam que animais também podem chorar de tristeza

  • Forró beneficente ajuda animais do canil de Cruz das Almas


  • ComentáriosComentar Notícia

    Ainda não existem comentários para esta notícia.
    Seja o primeiro a comentar!


      Últimas Notícias

    Égua morre e burro agoniza após ter ingerido veneno em Piatã

    Ana Rita pede que 31 milhões do orçamento municipal sejam destinados aos animais

    Rua em Piatã indicada por vereadora recebe asfalto

    ​Castramóvel realiza esterilização de cães e gatos em Pau da Lima

    Mais Notícias



    Mais Lidas

    Protetores de animais pedem serviço de atendimento móvel de urgência em Salvador

    Projeto de Ana Rita, Castramóvel já está pronto para funcionar

    Câmara de Salvador aprova projeto para a criação de hospital público veterinário

    Prefeitos de Salvador e Porto Alegre discutem implantação de Secretaria dos Animais


    Gabinete
    Edf. Sul América - 7º Andar
    Travessa D'Ajuda, 39 - Centro
    Salvador-BA - CEP:40020-030
    Telefone: 71 3320-0297
            

    Assessoria de Comunicação
    (71) 3320-0195