PESQUISE NO SITE
Biografia
Nossa Causa
Notícias
Projetos
Comissões
Agenda
Eventos
Conquistas
Sala de Imprensa
Na Mídia
Fala, Ana Rita
Artigos
Antes X Depois
Com a Palavra...
Áudios
Links
Denuncie
Downloads
Contato

 
Notícias     Imprimir

Moradores denunciam e cadelas são resgatadas após maus tratos11/03/2013 23:29
Moradores denunciam e cadelas são resgatadas após maus tratos
A vereadora Ana Rita Tavares (PV) resgatou as quatro cadelas que eram espancadas por moradora no Pau Miúdo

Assessoria 7 comentários          

A denúncia de moradores do bairro do Pau Miúdo, em Salvador, fez com que a vereadora Ana Rita Tavares (PV) fosse ao local no domingo (10) e resgatasse quatro cadelas que sofriam maus tratos em uma casa da Rua Madalena Paraguaçu. Uma moradora conhecida como Tânia já havia sido denunciada antes pelas agressões e até responde a uma ação penal, com audiência marcada para abril. Mas, segundo os vizinhos, ela voltou a espancar os cães, que foram resgatados pela vereadora em péssimas condições de higiene e saúde.

Os moradores confirmaram a prática de maus tratos e, segundo os relatos, os cachorros são agredidos com frequência. “Ela sempre bate nos cachorros. Dá para ouvir os gritos deles aqui de fora. Depois de ter sido intimada, ela ficou quatro dias sem agredi-los, mas depois voltou. Hoje, eles estavam apanhando desde a manhã”, revelou Marta Melo, responsável pela denúncia e pelo abaixo-assinado com 28 assinaturas solicitando providências dos órgãos competentes e de entidades de proteção animal. A denunciada negou as acusações, mas foi convencida a entregar os animais.

 


-
Denunciada tenta negar acusações de maus tratos (Fotos: Francisco Ribeiro)


Segundo a vereadora Ana Rita Tavares, é um caso grave de violência contra os cães e a agressora terá que responder criminalmente pelas agressões. “Com as provas que conseguimos com a moradora denunciante, formalizei uma queixa-crime contra esse comportamento criminoso e, ao mesmo tempo, pedi uma liminar junto ao Juizado Cível para pedir a condenação da agressora em danos morais coletivos, cabível quando há repercussão social ampla, pois a vizinhança está revoltada com os espancamentos”, explica a vereadora que foi eleita com a bandeira de defesa dos animais.

As quatro cadelas foram levadas a uma clínica no bairro de Itapuã, onde passarão por exames para identificar o quadro clínico de cada uma. “Agora, elas estão sendo tratadas e ficarão livres das pancadas que recebiam”, completa Ana Rita.

O resgate teve apoio e cobertura da Polícia Militar da Bahia.



Notícias Relacionadas

  • Cadela prenhe é morta após ser amarrada e arrastada por caminhão em Lauro de Freitas

  • Filhote de cão era criado como passarinho em gaiola

  • Mulheres vítimas de crueldade contra animais recebem moção na Câmara Municipal de Salvador

  • Matança de gatos assusta moradores de Piatã

  • Prefeito de Cansanção confina cães de rua em matadouro sem água e comida

  • Ana Rita Tavares entra com notícia crime contra a Prefeitura de Camaçari

  • Homens são detidos após abandonarem cão na praia da Ribeira

  • Incêndio mata seis cães mantidos presos em Campinas de Pirajá

  • Homem mata cadela esfaqueada na frente de três crianças na Bahia

  • Vereadora pede esclarecimento da morte de animais no Parque de Pituaçu


  • ComentáriosComentar Notícia
    Rozi Freitas
    22/10/2013 13:34
    Se não gosta de animais não peque para maltratar os bichinhos que só sabem nos dá amor e carinho!!!
    Gabriela Santos
    12/05/2013 14:57
    Ninguém é obrigado a gostar de bichos e a ter bichos em casa, então, NÃO TENHAM ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO, SE, REALMENTE, NÃO GOSTAREM DE BICHOS! Simples assim! Só seres humanos para semeiarem pelo mundo tantas desgraças!
    Isabel Jordan
    16/03/2013 00:10
    Parabéns a todos os envolvidos, desde a denunciante, passando pelos vizinhos que se indignaram e assinaram, finalmente chegando à vereadora Ana Rita. Incrível como a defesa aos animais avançou, em comparação a poucos anos atrás. Que continue!
    Ediane Ribeiro
    13/03/2013 20:50
    Não creio que uma "espécie" dessa seja doente não, pois geralmente a maioria dos assassinos QUEREM se pasar por doentes justamente para ficarem livres de crimes, se internarem numa clínica psiquiátrica onde, nós pessoas do bem e trabalhadores de verdade, pagamos todos os impostos para mandê los lá com muita mordomia. Esta ordinária precisa sim pagar uma pena bem alta, já que, infelismente os "direitos humanos" protegem muito estas espécies.

    12/03/2013 23:38
    Muito bem, espero que esta e outras pessoas que que judiam de nossos animais sejam punidas!
    lais
    12/03/2013 23:25
    so pode ser DOENTE uma pessoa dessa. Sonho em ver um dia essa justiça sendo realmente feita a favor dos animais. Espero que nao esteja distante de se tornar realidade. nao aguento mais ver tanto sofrimento com impunidade
    Anônimo
    12/03/2013 17:51
    Parabéns pela ação! Agora resta esperar que ela obtenha uma punição cabível ao que fez.


      Últimas Notícias

    Projeto que proíbe veículos de tração animal é aprovado na Câmara de Vereadores

    Cão de grande porte ganha na justiça direito de permanecer com guardião em condomínio

    Papo Animal estreia com programação voltada para os Pets na Popular FM (100,7)

    Liberdade: estudantes denunciam professor por agressão a cão em escola

    Mais Notícias



    Mais Lidas

    Protetores de animais pedem serviço de atendimento móvel de urgência em Salvador

    Projeto de Ana Rita, Castramóvel já está pronto para funcionar

    Câmara de Salvador aprova projeto para a criação de hospital público veterinário

    Prefeitos de Salvador e Porto Alegre discutem implantação de Secretaria dos Animais


    Gabinete
    Edf. Sul América - 7º Andar
    Travessa D'Ajuda, 39 - Centro
    Salvador-BA - CEP:40020-030
    Telefone: 71 3320-0297
            

    Assessoria de Comunicação
    (71) 3320-0195